(Foto: Larissa Keren / GloboEsporte.com/pb)
O ASA tem mais um novo contratado para a Série C do Campeonato Brasileiro. Artilheiro do Campeonato Paraibano deste ano, vestindo a camisa do Santa Cruz, o atacante Carlinhos já se apresentou ao alvinegro.
O atleta, que tem 30 anos e é natural de João Pessoa-PB, começou a carreira no Vasco-RJ e acumula passagens em sua maioria por clubes do Nordeste, inclusive no Corinthians-AL, em 2009, e equipes da Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte.
“Ele vai nos ajudar bastante. O Carlinhos é experiente, acostumado a jogar no Nordeste, e enfrentou dois adversários nossos na Paraíba, no caso o Treze e Botafogo. Ele estava acertando com o Atlético-GO, mas acabou não consumando sua ida para lá”, disse ao TNH1 o gerente de futebol Elias Mansur.
Ficha do reforço
Nome: Carlos Augusto Santiago de Andrade (Carlinhos)
Data de Nascimento: 26-09-1983 (30 anos)
Naturalidade: João Pessoa (PB)
Posição: Atacante
Altura: 1,71 m
Peso: 70 kg
Clubes: Vasco-RJ, Bangu-RJ, Villa Rio-RJ, Jataiense-GO, Corinthians-AL, Potyguar Seridoense-RN, Flamengo-PI, ASSU-RN e Santa Cruz-PB.
Atual elenco do ASA:
Goleiros: Marcão (ex-Juazeiro-BA), Pedro Henrique (ex-Aparecidense-GO) e Diogo (base);
Laterais-direitos: Tiago Baiano (ex-Cuiabá-MT) e Leandrinho (ex-Nacional-MG);
Zagueiros: Allaf (base), Augusto (ex-Mirassol-SP), Amarildo (ex-Cuiabá-MT), Rogério (ex-Guaratinguetá-SP), Marco Tiago (ex-Treze-PB), Rodrigão (ex-Nacional-AM) e Micael (ex-Lajeadense-RS);
Laterais-esquerdos: Jorge (base), Cristiano Gaúcho (ex-Hercílio Luz-SC) e Romano (ex-Veranópolis-RS);
Volantes: Cal, Jorginho, Jaildo (ex-Araripina-PE), Rai (ex-Atlético Sorocaba-SP), Gláuber (ex-Veranópolis-RS), Lucas (ex-CSA-AL) e Michel (ex-Santa Rita-AL);
Meias: Didira, Thalysson, Filipe André, Alex Henrique (ex-CSA-AL), Rafael Gava (ex-Internacional-RS), Jean (ex-Penedense-AL), Marlon (ex-Santa Rita-AL), Léo Paraíba (ex-São Bento-SP) e Natan (ex-Anapolina-GO);
Atacantes: Wanderson, Tiago Cavalcanti (ex-Guarani-SP) e Carlinhos (ex-Santa Cruz-PB).
Técnico: Beto Almeida
Patrocinadores confirmados: Grupo Coringa, Lojas Guido, Cilel, Governo de Alagoas, Prefeitura de Arapiraca, TIM, Caixa Econômica Federal e Lupo.
Fornecedor de material esportivo: Super Bolla
Fonte: Tnh1
Divulgação Acadêmica
O Santa Rita ainda está em atividade na temporada 2014. Mesmo com o término do Campeonato Alagoano, o Leão segue aguardando seu próximo adversário na Copa do Brasil. O time de Boca da Mata eliminou o Guarani-SP e Potiguar-RN, sendo contra este adversário, em 1º de maio, o último jogo da equipe.
Desde então o Santa Rita segue sem jogar e só voltará a campo no dia 8 de agosto para enfrentar o vencedor do confronto entre Santa Cruz-PE x Botafogo-PB. Na ida, as duas equipes ficaram no 1 x 1 em João Pessoa. A partida da volta será no próximo dia 23. Com a parada para a Copa do Mundo e a janela de transferências aberta, o Santa Rita viveu um período de reformulação geral no elenco. Alguns atletas receberam propostas de outros clubes, outros foram desligados e um grupo acabou contratado.
De acordo com o presidente Sérgio Salvador e o dirigente João Feijó, em contato com o TNH1, deixaram o Santa Rita os zagueiros Júnior Goiano, Cleyton e Córdoba, o lateral-esquerdo Demerson, os volantes Marcos Antônio, Valker e Mineiro, os meias Júnior Maceió, Araújo e Leozinho, e os atacantes Danúbio e Augusto. Também foram embora o zagueiro André Nunes, devolvido ao ASA e que foi para o Campinense-PB, o lateral-direito Aderlan, contratado pela Acadêmica de Portugal, os volantes Rafael Assis e Kenedy, que também foram para o futebol português, o volante Michel e o meia Marlon, que foram para o ASA, o lateral-esquerdo Jackson, que passou a atuar na Série C do Brasileiro, e o atacante Kiros, que está no Salgueiro-PE.
Chegadas
Por outro lado, o Santa Rita completou o elenco com 10 jogadores, formando o time temporariamente com 18 no total. Foram contratados os laterais-direitos Adir (Serrano-BA) e Lucas Mendes (futebol baiano), o lateral-esquerdo Jeferson Pintado (CSE), os volantes Cristiano (CSE) e Teco (Galícia-BA), os meias Tinga (Brasília-DF) e Vagner Libano (Pelotas-RS), e os atacantes Junior Amorim (Murici) e Maicon (Juventus-SC).
Meia Adriano foi contratado pelo Santa Rita. Divulgação: Atalanta
“Nesta semana está chegando o meia Adriano, que é experiente e jogou muitos anos na Atalanta, da Itália”, informou João Feijó ao TNH1. Adriano Ferreira Pinto tem 34 anos e começou a carreira no União São João-SP. De lá, partiu para a Itália e jogou pelo Lanciano, Perugia, Cesena, Atalanta, Varese e Lecce, entre 2002 e 2014. “Ainda iremos trazer um zagueiro, um volante e um atacante para fechar o grupo para a Copa do Brasil”, encerrou Feijó.
Dificuldades
Por conta do calendário do futebol brasileiro, o Santa Rita não atua desde 1º de maio e, portanto, está há dois meses e meio sem jogar. Como sua próxima partida está marcada para 8 de agosto, o time só irá a campo mais de três meses depois do último jogo. Nesse tempo, a diretoria do Leão diz que encontrou muitas dificuldades para manter o elenco, mas segue confiante para tentar a classificação às oitavas de final.
“Paramos as atividades ainda em maio e os jogadores que se apresentaram em 10 de junho receberam 60% do salário, conforme acordo. Em julho e agosto eles recebem normalmente. Está sendo muito difícil financeiramente. Tivemos como receita apenas a cota que ganhamos na Copa do Brasil (R$ 160 mil em cada uma das duas fases), mas ficamos no prejuízo de R$ 17 mil no jogo contra Potiguar. Só o médico do antidoping foi R$ 5 mil e R$ 10 mil da arbitragem, e a renda não chega a isso. Contra o Guarani tivemos prejuízo de mais de R$ 5 mil. A ajuda da cota que desafogou, mas tivemos que pedir ajuda das parcerias no comércio local e empresários da região por conta das despesas com manutenção do clube e elenco”, comentou ao TNH1 o presidente Sérgio Salvador.
E para não deixar o elenco sem ritmo de jogo, o Santa Rita realiza na noite desta quarta-feira (16), às 20h, um amistoso contra o Sete de Setembro de Garanhuns. A partida acontece no interior pernambucano.
Atual elenco do Santa Rita:
Goleiros: Jeferson (ex-CRB, CSA e Sport Atalaia) e Michael (base do Corinthians-AL);
Laterais-direitos: Adir (ex-Serrano-BA) e Lucas Mendes (ex-futebol baiano);
Zagueiros: Selmo Lima (ex-Corinthians-AL) e Júnior Carvalho (ex-Ferroviário-CE);
Laterais-esquerdos: Jeferson Pintado (ex-CSE);
Volantes: Rafael Assis (ex-Olaria-RJ), Cristiano (ex-CSE) e Teco (ex-Galícia-BA);
Meias: Ítalo Silva (base do Corinthians-AL), Tinga (ex-Brasília-DF), Vagner Libano (ex-Pelotas-RS) e Adriano (ex-Lecce-Itália);
Atacantes: Reinaldo Alagoano (ex-CRB), Rafael Silva (ex-Corinthians-AL), Wagner Baiano (ex-Serrano-BA), Junior Amorim (ex-Murici) e Maicon (ex-Juventus-SC);
Técnico: Eduardo Neto
Patrocinadores confirmados: Prefeitura de Boca da Mata.
Fornecedor de material esportivo: Garra.
Fonte: Tnh1
Divulgação/Corinthians Alagoano
O departamento de futebol do Sport Club Santa Rita divulgou, na manhã desta segunda-feira (07), a programação de treinos do elenco profissional para o confronto da terceira fase da Copa do Brasil. O Leão de Boca da Mata aguarda o fim da Copa do Mundo para retornar à disputa.
Mesmo sem saber se enfrentará Santa Cruz-PE ou Botafogo-PB, o representante de Alagoas na competição continua suas atividades sob o comando do técnico Eduardo Neto. “Durante a semana, os atletas devem realizar cargas leves de atividades físicas e intervalos maiores de descanso recuperativo” afirmou o comandante em entrevista ao site oficial do clube.
Confira a programação oficial de treinos do Sport Club Santa Rita:
Segunda (07/07)
Manhã: Descanso Geral
Tarde – às 15h: Treino Físico
Terça (08/07)
Manhã – às 8h30: Academia
Tarde: Descanso Geral
Quarta (09/07)
Manhã – às 8h30: Caixa de Areia
Tarde – às 15h: Técnico
Quinta (10/07)
Manhã – às 8h30: Academia
Tarde – às 15h: Técnico
Sexta (11/07)
Manhã – às 8h30: Descanso
Tarde – às 15h: Técnico
Sábado (12/07)
Manhã – às 8h30: Jogo-treino
Tarde – às 15h30: Descanso
Domingo (13/07)
Descanso Geral os dois períodos
Fonte: Tnh1
Foto: AILTON CRUZ
Após contratar o atacante Edmar, ex-CRB, o atual campeão alagoano acertou agora com o volante Léo Maceió para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. O atleta esteve no elenco do CSA que jogou o Campeonato Alagoano de 2014. Léo e Edmar atuaram pelo Gelobol no amistoso da semana passada, que terminou com o placar de 4 a 0 para o Coruripe. 

Léo Maceió, 26 anos, foi revelado pelo CRB, e, além do rival CSA, tem passagens por CSE(2011), Flamengo-PI, Bahia de Feira de Santana e pelo futebol francês, onde atuou na equipe do AS Fresnoy. Desde o final do Campeonato Alagoano o atleta estava sem clube, mas vinha mantendo a forma com o preparador físico Icaro Almeida, ao lado de outros atletas, como o próprio Edmar e o volante Paulistinha, do Murici. 
Foto: Globoesporte.com/al
Em contato com o MinutoEsportes o jogador falou sobre a oportunidade de disputar a Série D pelo Coruripe. “A motivação é a melhor possível. Temos a oportunidade de subir o time pra uma Série C e entrar para a história do clube. Esse é o objetivo”, disse o atleta, que além de volante atua também na lateral-direita. 

O treinador do Coruripe, Jaelson Marcelino, falou ao MinutoEsportes sobre o acerto com o jogador, que foi indicação sua, após o amistoso contra o Gelobol. “Estávamos precisando de reforços para a posição e o Léo é um atleta de qualidade que estava sem clube, então aproveitamos o amistoso para avaliar, tanto ele, quanto o Edmar. Deu certo e esperamos que eles possam nos ajudar nessa Série D”, afirmou o comandante Alviverde.


O Coruripe está no Grupo A3 da Série C do Brasileirão, ao lado de Jacuipense-BA, Baraúnas-RN, Central-PE e Campinense-PB. O atual campeão alagoano estreia no dia 20 de julho, diante do Jacuipense. Antes disso, o Hulk enfrenta o ASA, em um amistoso, na próxima quinta-feira (10), no Estádio Gérson Amaral, em Coruripe.
Fonte: Minuto Esportes
Foto: Romário Silva - 
O time do P.I Futebol Clube tinha um jogo treino programado para à tarde da última quinta feira (03), frente ao ASA de Arapiraca, no estádio Coaracy da Mata Fonseca. Porém, em razão das chuvas, o encontro acabou sendo cancelado. 

O mais novo clube palmeirense segue em preparação para sua estréia na segundona do campeonato alagoano, que acontecerá no dia 13 de Setembro contra o São Domingos, fora de casa.
O atacante Mauricio Pinilla resolveu fazer uma tatuagem de um lance que quase eliminou o Brasil da Copa do Mundo. O jogador desenhou a bola batendo no travessão, reproduzindo a jogada que quase determinou a vitória do Chile na prorrogação do jogo disputado no último sábado.
 Pinilla ainda tatuou uma mensagem lamentando que a bola não tenha entrado. “Um centímetro para a glória”, lamentou o jogador.
O lance retratado aconteceu aos 14min do segundo tempo da prorrogação. O Brasil eliminou o Chile na disputa de pênaltis e avançou para as quartas de final da Copa do Mundo.
Fonte: Yahoo

A diretoria do ASA informou nesta segunda-feira que três jogadores não fazem mais parte do elenco para a sequência da Série C. Segundo os dirigentes, o zagueiro André Nunes, o volante Jorginho e meia Thallyson foram emprestados ao Campinense, que vai disputar a Série D do Brasileirão. A assessoria de imprensa também publicou a notícia no site oficial do clube.

Curiosamente, André e Thallyson foram titulares em boa parte das primeiras rodadas da Terceirona. O meia, inclusive, é prata da casa e pode atuar improvisado na lateral esquerda. O volante Jorginho perdeu espaço nesta temporada com a chegada do técnico Beto Almeida.
Enquanto uns saem, reforços devem chegar. A diretoria espera fechar parceria com clubes da Série A e qualificar o elenco ainda nesta semana. Presidente do clube, Jotinha Alexandre disse estar negociando com jogadores para dar opções ao treinador. 
O ASA reiniciou os treinamentos na semana passada e Beto Almeida vai observar o elenco no amistoso da próxima quinta-feira, às 20h, contra o Coruripe, no Estádio Gerson Amaral. Com sete pontos, o Alvinegro ocupa a sétima colocação no Grupo A da Série C. A equipe volta a atuar pela Terceirona no dia 20 de julho, fora de casa, contra o Botafogo-PB, em Arapiraca.
Fonte: Globoesporte.com/al
 (Foto: Paulo Victor Malta/GloboEsporte.com)
A pausa no Campeonato Brasileiro em função da disputa da Copa do Mundo no Brasil obrigou os clubes a darem um período de recesso para os jogadores. Depois de curtir a folga, os atletas do CRB já estão treinando diariamente para voltarem à Série C bem preparados. Nos últimos treinos, o técnico Ademir Fonseca tem mexido no time titular, e uma dessas mudanças foi a escalação de Diego Clementino no ataque regatiano. Ciente da oportunidade, o atacante reconheceu a disputa sadia pela posição na equipe principal e se mostrou bastante motivado para o restante da temporada. 
- É muito bom, faz parte do dia a dia. Não só eu, mas todos os atletas estão se esforçando. É muito cedo para ter uma equipe formada, mas enquanto eu tiver a oportunidade, vou procurar mantê-la com muita dedicação para que na estreia eu possa ser titular - afirmou. 
O jogador contou que a cobrança nos treinos é uma das principais exigências do técnico Ademir Fonseca nesta intertemporada. 
- Manter o treinamento firme, com dedicação. Ele fala que o cansaço vai vir, mas que é uma coisa normal e que temos que trabalhar em cima disso. Temos que pensar em chegar na frente das outras equipes, priorizar o nosso objetivo, que é subir para a Série B. 
A vitória por um a zero sobre o ASA, pela primeira rodada da Terceirona, marcou a estreia de Clementino vestindo a camisa do Galo. O atacante iniciou a partida no banco de reservas e entrou na segunda etapa. Bem ambientado no Nelsão, o atleta descartou qualquer tipo de vaidade com o grupo regatiano e ressaltou a igualdade na concorrência por uma vaga entre os titulares.  
- Não tem, é um grupo bom, posso afirmar isso porque cheguei a pouco tempo e fui muito bem recebido. Todos me desejaram boa sorte. Acho que a disputa tem que ser leal, um respeitando o outro. Sabemos que só jogam 11, então cada um tem que procurar dar o seu melhor e, quando tiver a oportunidade, aproveitá-la - completou.
Enquanto Ademir Fonseca realiza testes no time, os jogadores continuam trabalhando para estarem em condições ideais no retorno à Série C do Brasileiro. O CRB volta a campo contra o Águia de Marabá no dia 20 de julho, pela sétima rodada da Terceirona. Com oito pontos na tabela, o Galo ocupa a quarta colocação do Grupo A. 
Fonte: Globoesporte.com/al
Foto: Romário Silva/PalmeiraEsporte
Quando a questão é Copa do Mundo, assuntos não faltam para ser comentados. E, como sempre, um dos mais discutidos é a arbitragem. Lances polêmicos, faltas duvidosas, cartões desnecessários ou falta de aplicação deles... a arbitragem é sempre alvo de críticas, principalmente por parte dos torcedores. Para ter uma boa atuação, os árbitros centrais e assistentes precisam estar atentos a tudo que ocorre dentro das quatro linhas.
O GloboEsporte.com entrevistou o único árbitro alagoano a fazer parte do quadro da Fifa. Francisco Carlos Nascimento avaliou o desempenho dos profissionais da arbitragem no Mundial do Brasil e falou sobre o rigor para atuar durante uma copa. 
- Apitar em Copa do Mundo não é para qualquer um. É por isso que os critérios adotados pela Fifa para escolher os árbitros e assistentes são tão exigentes. A pressão é enorme. Para mim, num contexto geral, o desempenho dos árbitros está bom - disse.
árbitro Francisco Carlos do Nascimento américa-MG e atlético-MG  (Foto: Carlos Roberto / Agência Gazeta Press)Francisco Carlos aprova uso da tecnologia à favor do esporte (Foto: Carlos Roberto / Agência Gazeta Press)

Chicão também falou sobre as inovações tecnológicas implantadas nessa Copa e disse que aprova o uso da tecnologia em favor do futebol.
- Sou a favor sim do uso da tecnologia no esporte. Aquele lance do gol da França, contra Honduras, mostrou o quão é importante contar com esse recurso. Não é fácil para um profissional confirmar um gol daquele sem que tenha um auxílio tecnológico. Com certeza, num curto período de tempo, a Fifa vai ampliar ainda mais essa tendência [de unir tecnologia e esporte].
Outro assunto abordado com Francisco Carlos foi o tempo de acréscimo concedido pelos árbitros centrais nas partidas da Copa. Diferentemente do habitual no Brasil, em vários jogos da Copa o tempo extra tem ficado próximo dos cinco minutos.
- A CBF já vem tocando nessa questão dos acréscimos não é de hoje. A própria comissão nacional de arbitragem tem orientado para que a gente saia da rotina de no final do primeiro tempo ser dado um minuto e no segundo [tempo] três. Hoje, a própria imprensa questiona que esses tempos são padrões. Então, é preciso que as pessoas entendam melhor que o tempo de acréscimo serve para repor exatamente o tempo gasto com a bola parada durante o jogo. Essa cultura de que só se pode conceder no máximo três minutos [de acréscimo] precisa acabar. A Copa do Mundo vai servir de parâmetro para isso ser implantado no Brasileirão. 
Chicão comentou ainda que as comissões de arbitragem têm exigido cada vez mais a necessidade de os árbitros deixarem a bola rolar, sem que sejam marcadas falta em qualquer tipo de jogada.
- A CBF, a Conmebol e a própria Fifa têm exigido bastante da gente a parte física. Isso serve para que o árbitro esteja mais próximo do lance, para evitar que contatos físicos não sejam entendidos como falta e que simulações não sejam marcadas. Eu mesmo já venho adotando essa prática e recentemente, no Torneio de Toulon-FRA, os jogos que eu apitei vi um futebol mais pegado. Os europeus jogam duro, mas na bola.
sandro meira ricci santa cruz x sport (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Chicão elogiou o árbitro Sandro Meira Ricci (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
Francisco Carlos do Nascimento ainda fez uma avaliação da participação do árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci no Mundial.
- O Sandro foi muito bem nos dois jogos em que nos representou. Mostrou toda a qualidade que tem. Ele é um cara muito bem preparado e tem condições de apitar a final da Copa, caso o Brasil não chegue lá. 
Por fim, o alagoano aproveitou para mostrar confiança na conquista do título da seleção do técnico Luis Felipe Scolari.
- Apesar das atuações que não têm convencido, confio que a nossa Seleção será campeã - concluiu o árbitro alagoano, de 36 anos.
Fonte: Globoesporte.com
Conselho Arbitral aconteceu na tarde desta segunda-feira,
na sede da Federação (Foto: Reprodução/FAF)
O Campeonato Alagoano de Futebol Profissional da 2ª divisão 2014 terá início no dia 13 de setembro. A data foi definida no Conselho Arbitral, realizado na tarde desta segunda-feira (09), na sede da Federação Alagoana de Futebol (FAF). A competição terá três fases: classificação, semifinal e final. A fase de classificação terá os oito clubes divididos em duas chaves (A e B), havendo cruzamento das chaves, em jogos de ida.
Na chave A estão Ipanema, Dínamo, São Domingos e Sete de Setembro. Na chave B encontram-se São Luiz, Desportiva Aliança, União Palmeirense e Sport Santo Antônio. A fase semifinal contará com as duas melhores equipes classificadas de cada chave, para disputa eliminatória em cruzamento olímpico, com a seguinte disposição: 1º A x 2º A e 1º B x 2º B, sendo que o segundo jogo será realizado com mando de campo para a associação de melhor campanha na fase classificatória de cada chave.
A fase final do Campeonato Alagoano da 2ª divisão 2014 será disputada pelas duas equipes vencedoras dos confrontos da fase semifinal, também em partidas de ida e volta, definindo-se o mando de campo do primeiro jogo através de sorteio. Após os dois jogos, caso haja empate por pontos ganhos, prevalecerá o critério de desempate pelo melhor saldo de gols nos dois jogos. Persistindo o empate, a decisão do título será na disputa por pênaltis.
Os times campeão e vice-campeão da 2ª divisão 2014 garantirão o acesso para o Campeonato Alagoano da 1ª divisão de Futebol Profissional 2015. Os locais e os horários das partidas ainda serão definidos pelo Departamento Técnico da Federação Alagoana de Futebol.
Confira os confrontos da 1ª rodada:
Ipanema x São Luiz – 13/09
Dínamo x Desportiva Aliança – 13/09
São Domingos Xx União Palmeirense – 13/09
Sete de Setembro x Sport Santo Antônio – 13/09
Fonte: Assessoria FAF
Após muita disputa em todos os campeonatos estaduais, os 41 clubes participantes do Campeonato Brasileiro da Série D foram definidos. O último time a carimbar a vaga para a disputa da competição nacional foi o Campinense Clube, após a definição dos finalistas do Campeonato Paraibano.
Serão 41 times divididos em oito grupos. O primeiro grupo conta com seis equipes, enquanto os outros tem cinco. Participam da disputa os cinco rebaixados do Campeonato Brasileiro da Série C 2013, além de 36 clubes divididos em todos os 26 estados da Federação, além do Distrito Federal.
Entre essas equipes, os nove primeiros estados no Ranking Nacional das Federações, divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), têm direito a duas vagas. Assim, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Goiás, Pernambuco e Bahia podem ter com dois representantes. Os outros estados têm direito a apenas um representante cada. A única exceção vale para os estados do Acre, Minas Gerais, Rio Grande do Norte e para o Distrito Federal contam com mais de um representante anteriormente definido porque tiveram clubes rebaixados da terceira divisão no ano passado.
Formato de disputa
Na primeira fase, as equipes se enfrentam em seus respectivos grupos em jogos de ida e volta, e as duas melhores garantem vaga nas oitavas de final. O critério para as fases eliminatórias é diferente dos anos anteriores. Na edição de 2014, o esquema para definição de confrontos será o mesmo da Taça Libertadores da América. Assim, a melhor equipe dentre as classificadas enfrenta o pior segundo colocado (1º – 16º; 2º – 15º, e assim por diante). Esse critério se estende até a final.
Nos jogos eliminatórios, em caso de igualdade na somatória dos resultados, os gols marcados fora de casa serão o primeiro critério de desempate. Caso não seja suficiente, a decisão para avançar à fase seguinte será nas cobranças de penalidades máximas. Os clubes que chegarem às semifinais garantem vaga no Campeonato Brasileiro da Série D em 2015. A primeira rodada começa no dia 20 de julho e tem previsão de encerramento em 16 de novembro.
Nordeste na Série D
Ao todo, 12 clubes espalhados pelos nove estados da Região Nordeste participam da disputa. Os estados de Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte contam com dois representantes cada, enquanto Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí e Sergipe têm apenas uma equipe na competição nacional.
Grupos e equipes participantes
Os nordestinos estarão em três grupos da competição e alguns irão enfrentar clubes da Região Norte ou Região Sudeste na primeira fase. Evidentemente, a depender do sucesso das equipes na Série D, aumenta a possibilidade de medir forças contra times de outras regiões do Brasil. Abaixo, confira os grupos e as equipes participantes.
Grupo A1 – Ariquemes/RO, Atlético/AC, Princesa do Solimões/AM, Rio Branco/AC, Santos/AP e São Raimundo/RR;
Grupo A2 – Guarany de Sobral/CE, Interporto/TO, Moto Club/MA, Remo/PA e River/PI;
Grupo A3 – Baraúnas/RN, Campinense Clube/PB, Central/PE, Coruripe/AL e Jacuipense/BA;
Grupo A4 – Confiança/SE, Globo/RN, Ipatinga/MG, Porto/PE e Vitória da Conquista/BA;
Grupo A5 – Anapolina/GO, Brasiliense/DF, CENE/MS, Estrela do Norte/ES e Villa Nova/GO;
Grupo A6 – Grêmio Barueri/SP, Goianésia/GO, Luziânia/DF, Operário/MT e Tombense/MG;
Grupo A7 – Brasil de Pelotas/RS, Cabofriense/RJ, Guarani de Palhoça/SC, Ituano/SP e Maringá/PR;
Grupo A8 – Boavista/RJ, Londrina/PR, Metropolitano/SC, Pelotas/RS e Penapolense/SP.
Fonte: Futebol Alagoano
Foto: Leonardo Freire
O ASA, a exemplo do CRB, também voltou às atividades preparatórias para a Série C. O elenco alvinegro se reapresentou nesta quarta-feira (26), com muitas novidades. A diretoria executiva do Fantasma convocou uma entrevista coletiva para informar desligamentos e contratações. Entre os que deixam o grupo estão os atacantes Anderson Lessa, Ramazotti, Bruno Carvalho e Lima.
Para reforçar o grupo comandado pelo técnico Beto Almeida, foram confirmados o volante Michel e os meias Marlon e Léo Paraíba. Os dois primeiros vieram do Santa Rita, enquanto o último foi contratado junto ao São Bento-SP. Também chega para contribuir o preparador físico Victor Albuquerque, retornando ao ASA após cinco anos. Albuquerque já trabalhou com várias equipes do futebol alagoano, e também em clubes de Pernambuco.
O Alvinegro voltará a atuar pela Terceirona no dia 20 de julho, após o término da Copa do Mundo. O adversário será o Botafogo-PB, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. Antes disso, a diretoria pretende realizar amistosos, sendo um deles já confirmado contra o Santa Rita, em data ainda a ser definida.
Ficha técnica dos reforços:
Nome: Michel Ângelo Quintanilha Pinheiro
Data de nascimento:
Naturalidade: Rio de Janeiro-RJ
Posição: Volante
Altura:
Peso:
Últimos clubes: Duque de Caxias-RJ, Jataiense-GO, São José-SP e Santa Rita

Nome: Marlon Adriano Prezotti
Data de nascimento: 26/02/1990
Naturalidade: Curitiba-MT
Posição: Meia
Altura: 1,75
Peso: 68 kg
Últimos clubes: Vila Nova-MG, Cruzeiro-MG, Formiga-MG, Francana-SP, Esportiva Guaxupé-MG, Sertãozinho-SP e Santa Rita-AL

Nome: Leonardo Severino Ferreira da Silva (Léo Paraíba)
Data de nascimento: 04/01/1990
Naturalidade: Mari-PB
Posição: Meia
Altura: 1,73
Peso: 76 kg
Últimos clubes: Mogi Mirim-SP, Red Bull Brasil-SP, Santa Cruz-RN e Cuiabá-MT e São
Bento-SP

Atual elenco do ASA:
Goleiros: Marcão (ex-Juazeiro-BA) e Pedro Henrique (ex-Aparecidense-GO);
Laterais-direitos: Tiago Baiano (ex-Cuiabá-MT) e Leandrinho (ex-Nacional-MG);
Zagueiros: Allaf (base), Augusto (ex-Mirassol-SP), Amarildo (ex-Cuiabá-MT), Rogério (ex-Guaratinguetá-SP), Marco Tiago (ex-Treze-PB) e Rodrigão (ex-Nacional-AM);
Laterais-esquerdos: Jorge (base), Renan Oliveira (ex-Guarani-SP), Cristiano Gaúcho (ex-Hercílio Luz-SC) e Romano (ex-Veranópolis-RS);
Volantes: Cal, Jorginho, Jaildo (ex-Araripina-PE), Rai (ex-Atlético Sorocaba-SP), Gláuber (ex-Veranópolis-RS) Lucas (ex-CSA-AL) e Michel (ex-Santa Rita-AL);
Meias: Didira, Thalysson, Filipe André, Alex Henrique (ex-CSA-AL), Rafael Gava (ex-Internacional-RS), Jean (ex-Penedense-AL), Marlon (ex-Santa Rita-AL) e Léo Paraíba (ex-São Bento-SP);
Atacantes: Wanderson, Marcus Vinicius (ex-Corinthians-SP) e Tiago Cavalcanti (ex-Guarani-SP).
Técnico: Beto Almeida
Fonte: Tnh1