O que você achou da contratação de Freitas pelo CSE?

TV PALMEIRA ESPORTE

Você no nosso Facebook

Tecnologia do Blogger.

Regulamento do 3º Torneio Palmeira Esporte de Futsal Feminino é divulgado; veja!

quinta-feira, 30 de abril de 2015

            REGULAMENTO GERAL DO 3º TORNEIO PALMEIRA ESPORTE DE FUTSAL FEMININO



Capítulo I – Dos Objetivos e da Organização

1.
 O 3º Torneio Palmeira Esporte de Futsal Feminino é um evento promovido pelo Site: www.palmeiraesporte.com.br e tem como objetivo promover a integração entre as atletas de cinco estados do Nordeste (Alagoas, Paraíba, Sergipe, Pernambuco e Bahia), e incentivar a prática da modalidade em Palmeira dos Índios - AL.
2. A organização e direção da competição são de responsabilidade da Diretoria do Site Palmeira Esporte, que funcionará como Comissão Central Organizadora do evento.
3. O Torneio regular-se-á pelas normas contidas neste regulamento, sendo facultativo à Comissão Central Organizadora utilizar legislação extravagante, a exemplo das regras estabelecidas pela Confederação Brasileira de Futsal.

Capítulo II – Da Inscrição

4. Poderão participar do Torneio todas as atletas do sexo feminino na categoria livre.
5. A inscrição será efetuada mediante preenchimento de formulário padrão fornecido pela Comissão Central Organizadora e entregue somente a um membro desta e do pagamento da taxa de inscrição até as 23h:59 do dia 30 de Maio de 2015.
6. Cada time poderá indicar no mínimo 08 (oito) e no máximo 14 (quatorze) atletas, devendo, no ato da inscrição, fornecer o nome completo e data de nascimento.

7. A atleta inscrita por uma equipe não poderá, sob hipótese alguma, jogar por outra equipe no evento.
8. A taxa de inscrição será de R$ 150,00 por equipe.
9. Cada equipe indicará um delegado/a, que assumirá a responsabilidade pelas informações prestadas e receberá todas as resoluções e comunicados da comissão organizadora em nome da equipe.
10. Qualquer irregularidade na inscrição, ainda que verificada após a sua efetivação, ocasionará a eliminação da equipe.
11. Em caso de desistência da equipe, não haverá reembolso da taxa de inscrição.
Capítulo III – Da Competição
12. O 3º Torneio Palmeira Esporte de Futsal Feminino será realizado na categoria FEMININO LIVRE.
13. Os jogos serão realizados no dia 07 de Junho do corrente, a partir das 08h:00, no Ginásio Poliesportivo Enéas Simplício, localizada na Rua Gnésio Moreira, no Bairro São Francisco em Palmeira dos Índios - AL.
14. A Comissão Central Organizadora poderá, por motivos de força maior, alterar as datas, horário e local do evento, devendo comunicar a decisão aos delegados das equipes.
Capítulo IV – Dos Jogos 
15. As partidas serão formadas por dois tempos de 10 (dez) minutos cada, intercalados por um intervalo de 03 (três) minutos, na primeira, segunda e terceira fase do evento.
16. Serão estipulados 05 (cinco) minutos de tolerância para o início de jogo e se após esse prazo uma das equipes não tiver comparecido ao local indicado, será considerada perdedora por W.O, sendo-lhe imputado um placar de 1x0 a favor da equipe adversária, mesmo efeito que será produzido na hipótese de abandono da quadra.
17. Os membros da equipe que produzir o W.O serão vedados de participar da próxima edição do evento.
18. No banco de reservas somente será permitido à permanência dos membros da equipe.
19. Ao longo da partida não será permitido o uso de brincos de qualquer tamanho, anéis, pulseiras, piercings, relógios, correntes, gargantilhas, bem como qualquer objeto que coloque em risco a integridade física dos atletas.
20. Os árbitros serão escalados pela Comissão Central Organizadora.
21. O atleta expulso pelo árbitro ou com dois cartões amarelos acumulados ao longo da competição estará automaticamente suspenso por uma partida.

Capítulo V – Da Forma de Disputa
22. O 3º Torneio Palmeira Esporte de Futsal Feminino será dividido em três fases.
23. Na primeira fase, denominada de FASE DE GRUPOS, as equipes jogarão entre si, em turno único, em quatro grupos de até 03 (três) equipes, classificando-se para a fase seguinte as duas primeiras colocadas de cada grupo.
24. Na Fase de Grupos, cada equipe receberá 03 (três) pontos por uma vitória, 01 (um) ponto em caso de empate, e 00 (zero) ponto em caso de derrota.
25. No caso de duas ou mais equipes terminarem empatadas em número de pontos, serão utilizados, nessa ordem, os seguintes critérios de desempate:
 I) maior número de vitórias;
 II) maior saldo de gols;
III) confronto direto, utilizado apenas na hipótese de o empate ser entre duas equipes;
 IV) gols a favor;
 V) menor número de derrotas;
 VI) menor número de gols sofridos.
26. Permanecendo o empate, será realizado um sorteio.
27. Na segunda fase, denominada de QUARTAS-DE-FINAIS, as equipes classificadas jogarão entre si em sistema de “mata-mata”, devendo a equipe melhor colocada em um grupo enfrentar a segunda melhor equipe do outro grupo, classificando-se para a fase seguinte a equipe vencedora de cada partida.

28. Na terceira fase, denominada de SEMIFINAL, as equipes classificadas jogarão entre si em sistema de “mata-mata”, os confrontos sairão de acordo com as quartas-de-finais.

29. Na quarta e última fase, denominada de FINAL, as equipes classificadas jogarão entre si, e a vencedora será declarada campeã do 3º Torneio Palmeira Esporte de Futsal Feminino.

30. Em caso de empate no tempo regular a partir da segunda fase, até a final, a partida será decidida por cobranças de penalidades, onde será cobrada uma série de 03 (três) penalidades para cada equipe, por atletas alternados, e permanecendo o empate as penalidades serão cobradas alternadamente por cada equipe até que surja o vencedor.
31. Apenas poderão cobrar as penalidades os atletas que não tiverem sido expulsos ou não estiverem sob efeito de suspensão, e o mesmo atleta somente poderá cobrar uma segunda penalidade após todos os membros da equipe terem efetuado uma cobrança.
32. As equipes derrotadas na Semifinal se enfrentarão para definir a equipe terceira colocada do Torneio.

33. A Comissão Central Organizadora poderá, até a realização do Congresso Técnico, alterar qualquer aspecto da forma de disputa do evento. 
Capítulo VI – Da Premiação
34. A equipe campeã receberá um troféu, medalhas, e uma premiação em dinheiro, no valor de R$600,00
35. A equipe vice-campeã receberá um troféu, medalhas e uma premiação em dinheiro, no valor de R$300.
36. A equipe terceira colocada receberá medalhas e uma premiação em dinheiro no valor de R$100,00.

37. A melhor goleira receberá troféu

38. A melhor jogadora receberá troféu

39. A mais bela jogadora receberá um premio especial da LOJA SALTO ALTO.

Capítulo VII – Dos Uniformes
40. As equipes deverão se apresentar na partida com camisa numerada, tênis, caneleira, calções e meias, sendo vedada a utilização de chuteira de bico.

Capítulo VIII – Das Penalidades e Punições
41. A equipe assumirá a responsabilidade pelos distúrbios e conflitos provocados pelos seus membros ou pela sua torcida.
42. As atletas que levarem cartão vermelho em um jogo poderão, por solicitação do árbitro, serem julgados pela comissão organizadora e, constatada a ocorrência de grave agressão – física ou moral – poderão sofrer as penalidades expostas neste Regulamento, além da suspensão por um jogo.
43. A comissão organizadora é a responsável pelo julgamento e aplicação das punições que, de acordo com a gravidade da falta, poderão ser:
 I) advertência ao atleta;
 II) advertência à equipe;
 III) suspensão do atleta por até 02 (dois) jogos;
IV) eliminação do atleta da competição; 
 V) eliminação da equipe na competição.
44. Sempre será garantido ao delegado da equipe o direito de defesa no julgamento das penalidades.
45. É absolutamente proibida a apresentação de protestos descabidos, críticas, tumultos, brigas, atos de vandalismo, calúnias e difamação direcionados à arbitragem, membros de equipes adversárias ou à comissão de organização, sob pena da equipe sofrer as punições estabelecidas neste Regimento.
46. Em caso de invasão de jogo, a partida será paralisada e a equipe causadora será considerada perdedora, podendo ainda ser eliminada da competição.

Capítulo IX – Do Sorteio dos Grupos e Tabela
47. O sorteio que irá definir os grupos da competição acontecerá no dia 4 de Junho (Quinta-Feira), às 9h:30 da manhã, no programa A FORÇA DO POVO da Rádio Vitório FM 104,9 (http://vitoriofm.com.br/)
48. A tabela será anunciada ainda no dia 4 de Junho, no site www.palmeiraesporte.com.br 
Capítulo X – Das Disposições Gerais e Transitórias
49. Os membros da Comissão Central Organizadora e o Diretório do site Palmeira Esporte não se responsabilizarão por acidentes decorridos com atletas ou por estes ocasionados a terceiros, antes, durante ou depois dos jogos.

50. Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos pela Comissão Central Organizadora do evento.
Ler Mais | Comentários

3º Torneio Palmeira Esporte de Futsal Feminino tem data confirmada, saiba mais


Ler Mais | Comentários

Federação oficializa: vaga na Série D será para CSA ou Coruripe; saiba outras definições

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Foto: Romário Silva
Após o Campeonato Alagoano chegar nas suas semifinais, a Federação Alagoana de Futebol (FAF) oficializou alguns critérios acerca do regulamento da competição, como a vaga na Série D, quem serão os terceiro e quarto colocados e quem ficou do 5º ao 9º lugar.
Em conversa com o TNH1, o assessor de imprensa da FAF, Allan Jhones, ao consultar o departamento de competições da entidade, dirimiu algumas dúvidas por conta da falta de clareza e informações no regulamento do Campeonato Alagoano.
Confira o que foi confirmado:
Vaga na Série D
Surgiu uma dúvida, principalmente por parte da torcida e diretoria do CSE, sobre a possibilidade de o clube de Palmeira dos Índios, eliminado na fase de grupos, conquistar uma vaga na competição por conta do seu aproveitamento, que poderia não ser ultrapassado pelo CSA ou Coruripe, semifinalistas da competição.
“O CSE não tem chance porque a FAF não vai seguir a classificação pela fase de grupos da Copa Maceió, e nem na classificação geral. Seria injusto algumas equipes que fizeram menos jogos e chegar na final, com menos pontos, não conquistar a vaga. Então, quem chegar na final de CSA e Coruripe vai garantir a vaga na Série D, porque vai enfrentar o CRB ou ASA, que já estão garantidos em divisões superiores”, disse ao TNH1 a assessoria de imprensa.
Terceiro e quarto colocados
Segundo a FAF, o terceiro e quarto colocados do Campeonato Alagoano serão os dois eliminados nas semifinais. Para definir isso, serão contabilizados o número de pontos conquistados dos eliminados, e seguindo critério de índice técnico, número de vitórias, saldo de gols, gols marcados, e assim sucessivamente. Caso haja empate em todos os critérios, o terceiro e quarto serão definidos por sorteio.
Quinto ao nono colocados
A definição do 5º até o 9º colocados se deu por aproveitamento entre os times eliminados na fase de grupos, assim como aconteceu para o rebaixamento. Com isso, os eliminados compõem essa classificação.
Veja como fica:
5º CSE: 70,8%
6º Santa Rita: 54,2%
7º Ipanema: 30%
8º Murici: 29,2%
9º CEO: 26,7% (rebaixado)
Vagas na Copa do Brasil
Campeão do primeiro turno do Alagoano, o ASA já conquistou uma das três vagas de Alagoas na Copa do Brasil. As outras vagas serão dadas aos finalistas. Porém, caso o ASA vá à final, o terceiro colocado irá herdar a terceira vaga na Copa do Brasil, segundo passou a FAF ao TNH1.
“Existe ainda a possibilidade de todos os semifinalistas conquistarem a vaga na Copa do Brasil. Caso o ASA consiga uma vaga no ranking da CBF (o que aconteceu para este ano), o quarto colocado também ganharia a vaga”, disse ainda Allan Jhones.
Vagas na Copa do Nordeste
Única competição que não tem nenhum tipo de polêmica, estarão representando Alagoas na Copa do Nordeste de 2016 o campeão e o vice do Campeonato Alagoano de 2015.
Fonte: Tnh1
Ler Mais | Comentários

Confira o que cada clube precisa fazer na rodada decisiva da Copa Maceió

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Foto: Romário Silva/Assessoria CSE
A primeira fase da Copa Maceió termina nesta quarta-feira à noite. Com todas as partidas começando às 22h, a rodada mexe com as duas pontas da tabela. Dos clubes envolvidos, o único que não cai nem pode chegar às semifinais é o Santa Rita. Os demais têm muito interesse. Por enquanto, apenas o CSA está garantido nas semifinais, só não definiu se será em primeiro ou segundo do Grupo A.

Apesar de não ter mais chances, o Santa Rita conta com o artilheiro da competição, Daniel Cruz, com 11 gols, e o jogo com o Ipanema vale para ele tentar aumentar a diferença para o vice Alex Henrique, do ASA, que tem nove. O GloboEsporte.com/AL preparou os cenários possíveis e o que cada time precisa para alcançar seus objetivos.

De acordo com o regulamento, os dois primeiros de cada chave (1º A x 2º A e 1ºB x 2º B) avançam e se enfrentam nas semifinais, com o time de melhor campanha jogando pelo empate na soma dos resultados. Também estão em jogo duas vagas no Nordestão 2016 (campeão e vice), duas vagas na Copa do Brasil 2016 (campeão e vice) e vaga na Série D deste ano (campeão). Se o detentor do título e o vice estiverem em competições nacionais, casos de CRB e ASA, a vaga na D vai para o terceiro colocado.
Luta pela classificação
CRB (15 pontos, Grupo B) - Para passar de fase, precisa vencer o Coruripe fora de casa por qualquer placar. Empate ou derrota tira o Galo das semifinais.
Coruripe (10 pontos, Grupo A) - Se empatar com o CRB, só perde a vaga se o CEO golear o Murici em Olho d´Água por seis gols de diferença. Vitória garante o Hulk na próxima fase.
ASA  (17 pontos, Grupo B) - Só perde a vaga nas semifinais se o CRB vencer o Coruripe e for goleado por 7 a 0 pelo CSA no Rei Pelé. 
Entre o céu e o inferno
CEO (8 pontos, Grupo A) - Para chegar às semifinais precisa vencer o Murici e torcer por derrota do Coruripe contra o CRB. Se o Hulk empatar, precisa tirar seis gols de diferença no saldo. Se perder para o Murici e o Ipanema vencer o Santa Rita, cai para a Segunda Divisão, já que o critério de rebaixamento é o aproveitamento, não a pontuação.
Esperando
CSE(17 pontos, Grupo B)- Fora da rodada, torce por derrota ou empate do CRB para se classificar.
Garantido
CSA (12 pontos, Grupo A) - Classificado para as semifinais, precisa de uma vitória ou de um tropeço do Coruripe para garantir a primeira colocação da chave, o que lhe dá vantagens nos mata-matas.
Sem chances
Santa Rita (13 pontos, Grupo B)- Apenas cumpre tabela contra um desesperado Ipanema em Santana.
Lutando para não cair
Ipanema (6 pontos, Grupo A) - Uma vitória em casa contra o Santa Rita garante o time na Primeira Divisão. Se perder e o Murici for derrotado pelo CEO também escapa.
Murici (4 pontos, Grupo B) - Para evitar o rebaixamento, precisa vencer o CEO.
10ª rodada - Quarta-feira (22/04)
22h - Coruripe x CRB
22h - CSA x ASA
22h - CEO x Murici
22h - Ipanema x Santa Rita
Fonte: globoesporte.com/al
Ler Mais | Comentários

Palmeira recebe Oficina de Basquetebol no feriado

Aconteceu nessa terça-feira (21), no Ginásio Poliesportivo de Palmeira dos índios, a primeira Oficina de Basquetebol Escolar, destinada a alunos da rede pública municipal de ensino. A realização faz parte do Projeto SOMAR, que envolve inclusive iniciativas na área do Esporte e é uma promoção do recém fundado Instituto Esporte – Boa Ação (INEBA), com o apoio da Federação de Basquete de Alagoas – FBA.

A Oficina, que contou com a presença de mais de 300 crianças e adolescentes, envolveu palestras a cerca da importância do esporte, jogos, brincadeiras de iniciação ao basquete e treinamento para os garotos que já praticam a modalidade esportiva. Além desse número contou ainda com a participação de professores de Educação fica e outros incentivadores.

O ministrante do evento foi o professor Agilson Alves, técnico da Seleção alagoana de Basquetebol, assistente da Seleção Brasileira e campeão sul americano – sub 15/2014. A iniciativa tem o cunho totalmente voluntário. Segundo Agilson, já estão sendo desenvolvidas ações para buscar recursos para custear despesas básicas, junto às iniciativas pública e privada.

Procurado pelos organizadores, o vereador Sérgio Passarinho (PMDB), que já tem um vasto histórico junto à área de esportes, prestou total apoio e se colocou à disposição para o que se fizer necessário na realização de eventos dessa natureza. Aliás, vale salientar que no último dia 03 de março, Passarinho apresentou, e teve aprovada por unanimidade, uma Indicação sugerindo buscar junto à Fundação Teotônio Vilela a inserção do Município em seu Projeto “Eu Vivo o Esporte”, que já é desenvolvido na cidade de Viçosa, e é voltado para alunos da Rede Pública de Ensino cm idade entre 9 e 18 anos.

“Tudo o que diz respeito ao Esporte deve ser tratado com muita atenção, responsabilidade e dedicação, pois envolve saúde, disciplina e inclusão social. Iniciativas como esta merecem todo o nosso incentivo e apoio”, declarou Sérgio Passarinho durante o evento. Destaca-se ainda a participação do professor de Educação Física, Carlos Alberto, o Carlinhos e do Sargento da PM, reformado, Zildo Alves, que integraram a linha de frente da Oficina.
Fonte: Ascom
Ler Mais | Comentários
 
© Copyright Palmeira Esporte News 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by PalmeiraEsporteNews and Theme4all