Ultimas

21/10/2013

Em busca de motivação, atletas do ASA assistem ao DVD do Flu de 2009

Da queda iminente à glória. Do inferno ao céu. Todos diziam que era impossível. Os pragmáticos profetizavam uma derrocada, diziam que era inútil lutar, causa perdida. As estatísticas alertavam, eram poucas as chances de fugir de um rebaixamento quase certo. Questão de tempo. Mas foi acreditando na ideia de que a vitória vem para os que  lutam por ela que em 2009 o Fluminense arrebentou as calculadoras e escapou da queda, sagrando-se campeão brasileiro no ano seguinte.
Fluminense e ASA (Foto: GLOBOESPORTE.COM)Elenco do ASA busca inspiração na campanha do Fluminense em 2009 (Foto: GLOBOESPORTE.COM)
Toda a trajetória do Tricolor nas temporadas 2009-2010 foi registrada em vídeo, e agora, três anos depois, serve como agente motivador para o ASA, que atualmente busca forças para escapar do rebaixamento na Série B. Em 31 jogos, o time de Arapiraca soma dois empates, oito vitórias e 21 derrotas, sendo dez consecutivas. A pior campanha da Segundona do Campeonato Brasileiro.
Somente na última partida, sexta-feira (18), o Fantasma quebrou o jejum de vitórias e bateu o Oeste por 3 a 0. O triunfo deu um novo ânimo ao elenco. Para ajudar na motivação dos jogadores, a diretoria do ASA usou uma tática: apresentar o vídeo com a trajetória dos guerreiros tricolores ao grupo alvinegro. A iniciativa deu certo. A crença na vitória está mais viva, e a equipe se sente mais confiante para brigar pela permanência na Série B.
Atacante do ASA, Lúcio Maranhão dá trabalho aos marcadores  (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)Equipe do ASA ainda tem sete jogos pela frente
(Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)
- Claro que ajuda (o vídeo). Tudo o que for para motivar ajuda. O Fluminense teve uma reviravolta incrível, eles foram guerreiros, eles acreditaram e, até o fim lutaram, o resultado foi a conquista do título no ano seguinte. Muito inspirador. E é esse o espírito. Não podemos desistir nunca, temos que brigar até o último jogo, até o último segundo. Eu ainda acredito que o ASA pode mudar sua sorte, não podemos desistir jamais. Agora é trabalhar 100% focado nos próximos jogos e ir com muita garra - declarou o lateral-esquerdo Chiquinho Baiano.
O coro do 'eu ainda acredito' vem ganhando força no Agreste alagoano. Os jogadores, comissão técnica e diretoria pregam que ainda é possível. O presidente do ASA, Jotinha Alexandre, disse que, com o espírito guerreiro, o time não vai jogar a toalha, que vai lutar até o fim.
- Nós sabemos que a nossa situação não é fácil, sabemos que teremos sete jogos difíceis, mas a última vitória nos deu um ânimo muito bom, o clima entre os jogadores é outro. O pessoal acredita, agora só depende deles, nós da diretoria já fizemos tudo o que poderíamos fazer, agora está na mão deles. Sobre o vídeo do Fluminense, acredito que tudo que venha para inspirar para o bem, que motive, é válido. Temos que nos inspirar no que é bom - disse.
O próximo desafio do ASA é no sábado (26), no Recife, diante do Sport, terceiro colocado. Com 26 pontos, o time alagoano ainda é o lanterna da Série B.
Fonte: globoesporte.com/al

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates