Ultimas

08/09/2014

Coruripe vence o Baraúnas/RN por 1x0 e segue vivo na Série D

Foto: RomárioSilva/PalmeiraEsporte
Em mais uma rodada da Série D 2014, o Coruripe conquistou sua segunda vitória consecutiva, ao bater o Baraúnas/RN no Estádio Gérson Amaral, em Coruripe, pelo placar de 1x0. Com o resultado, o Hulk segue na terceira colocação do grupo A3, mas chega aos nove pontos e se iguala na tabela ao vice-lider Central/PE.
O jogo começou com mais posse de bola para o time da casa, mas truncado por muitas faltas. O Coruripe conseguia chegar mais ao ataque, mas pecava nas conclusões, além de esbarrar nos desarmes de um Baraúnas armado com três zagueiros, que pouco ataca. A primeira ofensiva da equipe potiguar foi somente aos 16 minutos, quando Binha invadiu a área e chutou no canto esquerdo, obrigando o goleiro Santos a espalmar a bola para a linha de fundo. Aurélio, do Hulk, era bastante cobrado por seus companheiros, para que aparecesse mais no jogo, mas o meia parecia não ter se encontrado na partida.
A cobrança surtiu efeito, pois o meia se tornou efetivo logo em seguida. Aos 24’, Aurélio quase abriu o placar em cobrança de falta, não fosse pela intervenção do arqueiro Erico, dando um tapinha na bola. Só que aos 26’, a bola terminou no fundo da rede. Jair cruzou no segundo pau e o pequenino Aurélio subiu mais do que a defesa do Baraúnas e cabeceou no lado direito, sem chances para Érico, mudando o placar. O Leão do Oeste não se abateu com o gol sofrido, e tentou dar a resposta aos 30’ com o habilidoso meia Adham, mas o volante Léo Maceió, atuando na lateral, fez o corte.
Ainda superior na partida, o Hulk teve mais duas boas oportunidades no último terço do primeiro tempo. Aos 35’, Rafael Silva mandou um foguete que passou tirando tinta do travessão. Já aos 40’, Alexsandro recebeu de Mazinho e serviu João Paulo, que fintou o marcador e chutou carimbando o poste esquerdo da meta defendida por Erico, no que seria o segundo gol do Coruripe. Este foi a último bom lance da etapa inicial, que foi encerrada sem acréscimos.
Segundo Tempo
No intervalo, o técnico Jaelson Marcelino, do Coruripe realizou a primeira alteração da partida. Alexsandro saiu, dando lugar a Ivan. O Hulk também mudou de uniforme, voltando ao gramado com as camisas verdes. Um lance curioso, mas prejudicial para a equipe da casa foi a troca de camisas entre Léo Maceió (camisa 5) e Jair (camisa 2). Os atletas atuaram no primeiro tempo com os uniformes trocados, e ao voltarem para a etapa final, receberam cartão amarelo do árbitro sergipano.
O primeiro lance de perigo foi do Alviverde do Litoral, aos quatro minutos com Ivan, mas o atacante chutou fraco e ficou fácil para o goleiro Erico fazer a defesa. Aos 9’, o zagueiro Romeu puxou o atacante Rafael Silva pelo pescoço e foi expulso ao receber o segundo amarelo, deixando o Coruripe com um homem a mais em campo. Com a vantagem numérica, o Hulk seguia pressionando e tentando o segundo gol. Aos 11 minutos, João Paulo invadiu a área do Baraúnas e, no lance, foi ao chão pedindo pênalti, mas o árbitro Cláudio Francisco ignorou. Aos 15’, Edmar – que entrou no segundo tempo no lugar de Léo Maceió – recebeu cruzamento de Jair, mas errou no cabeceio e desperdiçou a oportunidade.
A superioridade do Coruripe não se traduziu em gols, já que o time alagoano desperdiçava muitas oportunidades claras. Aos 19’, Rafael Silva chutou e o goleiro Erico fez a defesa. No rebote, George ficou sozinho e pegou muito mal na bola, isolando. No minuto seguinte, o Baraúnas ameaçou chegar ao gol de empate, o que só não aconteceu pela intervenção providencial de Tiago Papel, dando um bico na bola antes da conclusão de Temisson. Mais uma chance veio aos 27’, quando João Paulo avançou à linha de fundo e deu voltando, tentando acionar Edmar, mas o arqueiro do Baraúnas se antecipou e fez a defesa.
O Hulk seguiu desperdiçando chances de ampliar o placar e assegurar a vitória de vez. Além disso, o goleiro da equipe potiguar também contribuia para o placar magro. Aos 42’, o estreante Rafael Silva cobrou falta com precisão, mas Erico se esticou e fez a defesa. Novamente aos 44’, Erico salvou o Baraúnas do segundo gol, mas o tento assinalado na primeira etapa garantiu a vitória alviverde.
Fonte: Tnh1

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates