Ultimas

09/09/2015

ASA vence o Águia/PA por 1 x 0 no Fumeirão e segue no G4

Foto: Nasário Silva
O ASA ignorou a crise que assola as hostes arapiraquenses e entrou em campo focado na vitória contra o vice-lanterna Águia/PA na noite deste domingo, 06, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. Apesar de não empolgar, o Fantasma conseguiu bater a equipe paraense pelo magro placar de 1 x 0, e chegou à terceira posição do Grupo A da Série C 2015. 
O jogo
O Fantasma começou colocando fogo na partida logo no primeiro minuto, com Alex Henrique acionando o craque Didira, mas o arqueiro Maycki, atento no lance, fez boa defesa. A equipe da casa se aproveitou da formação do adversário, com apenas um homem a frente, e desenvolveu maior volume de jogo. O Águia, por sua vez, esperava a oportunidade para avançar em contra-ataque, com maior pressão no meio de campo.
Aos 11’, Glaybson aproveitou e tentou assustar o goleiro Maycki com um chute forte de fora da área, mas o zagueirão Charles se antecipou e afastou o perigo. O primeiro terço da etapa inicial foi de pura pressão do ASA. Aos 15’, Jorginho também arriscou de longe, mas o arqueiro do Azulão Paraense se esticou e colocou a bola para escanteio. A pressão não se converteu em gols, mas mostrou a vontade do elenco alvinegro em conseguir a vitória fundamental diante de sua torcida.
E o primeiro passo veio aos 37 minutos. Em cobrança de falta ensaiada, Valdanes passou pela bola deixando para Gabriel, que soltou uma bomba à meia altura, no lado direito de Maycki, que nada pode fazer além de ver a bola estufar a rede. E logo em seguida, o Gigante Arapiraquense quase conseguiu o segundo, com Alex Henrique. O meia recebeu de Valdanes e tentou a finalização, mas a defensiva do Águia evitou o pior. Só que o adversário se mostrou vivo no duelo, e também teve sua oportunidade aos 41’ com Geovane. Por sorte, o chute terminou indo para fora, para alívio do goleiro Pedro Henrique, já vendido no lance. O árbitro paranaense concedeu dois minutos de acréscimo, mas nada houve que alterasse o placar.
(Foto: Cortesia/Nasário Silva)
Segundo tempo
Na volta do intervalo, o Águia optou por uma posição mais ofensiva, mas não conseguia concatenar as ideias e seguia sem levar perigo à área adversário. O ASA, por sua vez, veio com mudança: Uéderson saiu em favor de Everton, que teve chance ao ser acionado na área aos 9 minutos, mas foi ao chão durante o lance e pediu pênalti, mas o árbitro mandou seguir. O ASA continuava melhor na partida, mas não apresentava objetividade, com as duas equipes protagonizando um jogo fraco tecnicamente.
Numa ocorrência que se tornou mais emocionante do que o próprio jogo, o árbitro da partida expulsou o médico do ASA, Hellycarlos, e também o massagista do Águia, por confusão fora do campo aos 15'. Após o fato, o Alvinegro levantou sua torcida na cobrança de escanteio de Chiquinho, substituto de Glaybson. Aos 22’, ele cobrou com veneno e a bola quase entrou no que seria um belo gol olímpico. As duas equipes não conseguiam dominar e sair jogando com qualidade, se limitando a arriscar de longe.
O Águia parecia já sem forças de esboçar reação, e teve ainda mais um golpe duro em suas pretensões. Aos 35’, depois de falha do goleiro Maycki, o zagueiro Fred cometeu falta dura em icma de Didira e foi mais cedo para o chuveiro, com cartão vermelho direto. Com um homem a mais dentro de campo, o ASA evitava se expor demais em lances de ataque e passou a administrar a vantagem, estudando o adversário. Aos 47’, Gabriel até que poderia ter ampliado o placar e encerrado o drama no Fumeirão, mas pegou mal ao receber de Didira na entrada da área e mandou longe do gol. Passados os quatro minutos de acréscimo, o juizão encerrou o confronto, com vitória magra do Fantasma.
Como fica
Com a vitória e os demais resultados, o ASA assume a terceira posição do G4 com 26 pontos, ultrapassando o América/RN. A vitória garante a permanência na zona de classificação e ajuda a superar a crise que assombra o clube, com problemas financeiros.
Na próxima rodada, o Alvinegro enfrentará o Salgueiro, novamente em Arapiraca. A partida acontece no próximo sábado (12), às 16h.
Fonte: Tnh1

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte Notícias
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates