Ultimas

10/11/2015

Goleiro do Inter, baiano Dida recebe título de cidadão honorário de Alagoas

(Foto: DivulgaçãoALE)
O goleiro Dida nasceu em Irará, interior da Bahia, mas tem fortes ligações com Alagoas. Aos três meses, ele foi levado pelos pais para o município alagoano de Lagoa da Canoa, onde passou boa parte da infância e juventude. Nelson de Jesus Silva, atualmente no Inter, foi homenageado nesta segunda pela Assembleia Legislativa e recebeu o título de cidadão honorário de Alagoas pelos relevantes serviços prestados ao estado. Em 2002, ele conquistou o título mundial com a camisa da seleção brasileira.

Lembrando da infância em Lagoa da Canoa, de onde se deslocava para jogar pelo extinto Cruzeiro de Arapiraca, Dida agradeceu a homenagem recebida em Maceió.

- Essa homenagem está sendo muito gratificante para mim, que estou tendo esse reconhecimento. No meu íntimo sempre representei o estado de Alagoas, uma vez que tive minha vivência aqui no interior do estado, onde tenho meus familiares e amigos - declarou Dida, durante a sessão solene.
Dida é homenageado na Assembleia de Alagoas (Foto: DivulgaçãoALE)Dida (2º da dir. para esq.) é homenageado na Assembleia de Alagoas (Foto: DivulgaçãoALE)


A carreira 

Os primeiros saltos de Dida como goleiro foram nas categorias de base do ASA, mas se destacou no extinto Cruzeiro, em Arapiraca. As boas atuações dele no futebol amador despertaram a atenção do Vitória. No clube baiano, Dida se profissionalizou em 1992, ano em que conquistou o Campeonato Baiano. 
Dida discursa após receber título de cidadão honorário de Alagoas (Foto: DivulgaçãoALE)Dida discursa após receber título de cidadão honorário de Alagoas (Foto: DivulgaçãoALE)
Do Leão se transferiu para o Cruzeiro, onde ficou conhecido como especialista na defesa de pênaltis. Após quatro anos na Raposa, o goleiro foi vestir a camisa do Lugano (SUI), mas não demorou muito tempo fora do Brasil. Um ano depois foi repatriado pelo Corinthians, mas logo voltou à Europa para defender o Milan.

Na volta ao país, Dida defendeu a Portuguesa, em 2012, Grêmio, em 2013, e Internacional, onde atua no momento e comemorou os títulos de campeão gaúcho em 2014 e 2015. Na Seleção, Dida participou de três copas, sendo campeão em 2002, quando o titular da equipe foi Marcos. Assumiu a camisa número 1 do Brasil na Copa da Alemanha, em 2006, quando a Seleção foi eliminada pela Holanda, nas quartas de final.
Fonte: globoesporte.com/al

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte Notícias
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates