Ultimas

10/10/2016

Diretoria do CRB exige melhores resultados, mas não dispensa ninguém

A diretoria do CRB se reuniu com o técnico Mazola Júnior e os jogadores na tarde desta segunda-feira, no Ninho do Galo. Presidente do clube, Marcos Barbosa falou com o grupo ao lado do gerente de futebol, Alarcon Pacheco, e cobrou melhores resultados. O time caiu muito de produção no returno e ocupa atualmente a 10ª colocação na Série B, com 43 pontos. Depois, Barbosa deixou para Alarcon a tarefa de explicar a reunião à imprensa.
Foto: Romário Silva/PalmeiraEsporte
De acordo com o gerente do Galo, não vai haver dispensas. Os atletas foram ouvidos, cobrados e destacaram o compromisso com o clube. A conversa até atrasou o treino no CT, que só começou no início da noite. Os dirigentes conversaram por mais de 1h30 com os jogadores, e Mazola saiu mais cedo.
- A gente quis ouvir dos atletas e da comissão técnica o que faz a gente passar por essa fase de instabilidade. No momento, a gente não vai desligar atleta nenhum. Às vezes acontece de um jogador não ir bem. Cobramos. Chega um momento que eles sabem que as coisas precisam ser mudadas - declarou Alarcon.

O dirigente também reconheceu a má fase da equipe na Série B - o time vem de duas derrotas seguidas - e até se desculpou com a torcida. Sábado, o Galo vai encarar o Vasco às 16h30, no Rio de Janeiro.
Alarcon Pacheco CRB (Foto: Douglas Araújo/Assessoria do CRB)Alarcon Pacheco, gerente do CRB (Foto: Douglas Araújo/Assessoria do CRB)
- A gente pode pedir desculpas aos torcedores pelos maus resultados. Todos nós estamos feridos, sentidos, e só com trabalho podemos reverter essa situação. E já passamos por situações até piores. Nós tínhamos o objetivo inicial da permanência, mas eles mesmo nos levaram a esse sonho de chegar à Série A. Contra o próprio Vasco, nós jogamos três partidas e fizemos jogos melhores que eles.
Alarcon falou ainda sobre a suspensão de um ano do volante Olívio, julgado por doping nesta segunda, pelo Superior Tribunal Justiça Desportiva, e lembrou que o caso ainda pode ir para a segunda instância da Justiça Esportiva.

- Já autorizamos o nosso corpo jurídico a recorrer, através do doutor Sestário, e espero que o Olívio seja julgado pelo pleno (do STJD) e possa ficar fora do grupo pelo menor tempo possível. 
Desfalques
O volante Olívio foi ao Rio de Janeiro participar do julgamento no STJD e não treinou com os companheiros nesta segunda. Quem também não participou do treino foi o goleiro Júlio César, que se recupera de lesão muscular na coxa direita.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates