Ultimas

21/01/2017

CSA vence o Murici por 2 a 0

 (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)
O CSA estreou bem no Alagoano 2017. Jogo amarrado, adversário fechadinho e torcida ansiosa.... Teve sofrimento neste sábado, mas o cenário no Gerson Amaral, em Coruripe, se abriu para o Azulão aos 33 minutos do segundo tempo, com um gol de pênalti marcado por Everton Heleno. Até lá, o Murici deu muito trabalho e neutralizou as principais jogadas do time da capital. Aos 42, Geovani, que também sofreu o pênalti, aproveitou falha do goleiro Dias e confirmou a vitória do Azulão por 2 a 0. 
- Pude ser feliz na jogada ali. Vi que o goleiro saiu, o gol tava aberto e pude fazer o gol. Vi que o goleiro não ia encaixar, esperei ali e deu certo. Viemos de dois amistosos negativos, mas esse resultado vai dar uma tranquilizada. E também foi pênalti. Ele pegou. Naquela jogada, se ele não faz o pênalti, eu faria o gol - comentou Geovani, que entrou na segunda etapa e foi destaque da partida.
Com a vitória, o CSA assumiu a liderança do Grupo B do estadual. Na próxima rodada, o CSA vai enfrentar o Sete de Setembro, no Rei Pelé, com mando do time do Tabuleiro. O Murici pega o ASA no domingo, no José Gomes da Costa, em Murici.
Poucas chances no 1º tempo

O CSA foi pra cima do Murici. Logo no primeiro minuto, o ataque azulino fez ótima trama ofensiva e Didira achou Cleyton livre. O meia concluiu mal e perdeu uma grande chance. O Alviverde jogava no erro do adversário. Roberval Davino fechou a equipe e procurava explorar o contra-ataque, sem afobação.

O Azulão cercava, mas em determinados.momentos do jogo sofria um apagão criativo, facilitando o trabalho dos marcadores do Murici. Aos 12 minutos, Everton Heleno acertou um chutaço de longe e o goleiro do Alviverde, Dias, fez a defesa parcial. No rebote, Didira foi pego em impedimento. Aos 42 minutos, o Murici foi mais ousado e, numa bola aérea, Bruno quase abriu o placar. Jeferson fez ótima defesa.
Gols na etapa final
O Murici se assanhou no segundo tempo. Avançou um pouco mais o time e chegou a pressionar o CSA. Aos poucos, o Azulão foi recuperando terreno e quase marcou com o meia Didira, aos 21. Geovani, que substituiu Cleyton na etapa final, começou a se destacar.

A partida começou a ser decidida aos 33 minutos. O goleiro Dias disputou a bola com o meia Geovani na área, e o árbitro Rafael Carlos Salgueiro marcou pênalti. Everton Heleno encheu o pé, no canto direito do goleiro do Murici e fez o primeiro gol do Azulão no campeonato. Aos 43, Geovani resolveu a parada. Daniel Cruz alçou na área, Dias saiu mal do gol e o meia tocou por cobertura. A bola entrou tranquila no gol do Murici.

Fonte: globoesporte.com/al

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates