Ultimas

17/03/2017

ASA e Paraná ficam no zero e deixam para resolver a parada em Curitiba

 (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)
Jogo de estratégia, cheio de cuidados. O ASA se soltou mais, criou chances, mas não passou pela marcação do Paraná. O Tricolor apostou na sua qualidade defensiva, fechou espaços e deixou Arapiraca com um empate sem gols nesta quinta-feira, pela terceira fase da Copa do Brasil. Quis resolver tudo no dia 6 de abril, em Curitiba, na Vila Capanema.

O resultado deixa aberta a disputa do mata-mata. Se empatou em casa, o time alagoano também não sofreu gols. Assim, qualquer empate que não seja outro 0 a 0 dá a vaga ao Alvinegro. O Paraná tem a vantagem de definir a parada em casa, com a força da torcida. Se o placar desse primeiro jogo se repetir, a decisão vai para os pênaltis.

Que cobrança de falta
O Paraná não arriscou no início do jogo. Ficou esperando para saber qual era a música do ASA. Nos primeiros minutos, equilíbrio. Aos poucos, o time alagoano foi se soltando e assustou o goleiro Léo com finalizações de Doda, aos 17, e Leandro Kível, aos 19. 
O Tricolor respondeu num contra-ataque puxado por Gabriel Dias, que chutou com violência e obrigou Luís Cetin a fazer boa defesa. Aos 39 minutos, a melhor chance da etapa inicial. Airton bateu falta com muito veneno e o goleiro Léo fechou a gaveta, salvando o Paraná. Antes do fim do primeiro tempo, o lateral Igor, do Tricolor, se machucou e foi substituído por Kaike.
Mais chances
A partida ficou mais agitada na etapa final. Aos 12 minutos, Leandro Kível bateu de longe e Léo fez ótima defesa. O Tricolor não estava achando ruim o empate e só avançava na boa. Chegou com perigo aos 19, numa bola parada. Zezinho bateu falta e Eduardo Bock cabeceou pra fora. 

Aos 28 minutos, Eron, do Alvinegro, bateu cruzado e a bola atravessou a área tricolor. Ninguém aproveitou. Depois, Kível cabeceou muito perto do gol, aos 39, e, três minutos depois, Nathan respondeu, chutando cruzado. Deu um susto no goleiro do ASA.
Fonte: globoesporte.com/al

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates