Ultimas

28/04/2017

Regulamento: tire dúvidas sobre o mata-mata da final entre CRB e CSA

(Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)
Fique ligado no placar agregado do clássico da final do Alagoano. Muita gente ainda se confunde. Se o CRB vencer o primeiro jogo por 2 a 0, por exemplo, haverá prorrogação na segunda partida se o CSA derrotar o Galo pela diferença de dois gols, independentemente do número de gols (2 x 0, 4 x 2, 6 x 4). Se o CSA ou CRB vencer domingo por 3 a 0, por exemplo, e perder por dois gols de diferença no dia 7 de maio, conquista o título no tempo normal. 

Não há gol qualificado para os visitantes, como na Copa do Brasil. Havendo empate na soma dos dois resultados das finais, teremos prorrogação. Persistindo a igualdade, o campeão será conhecido nos pênaltis.

A última vez que o Campeonato Alagoano foi disputado nos pênaltis foi em 2013. O CRB venceu um jogo, CSA o segundo e, nas penalidades, o Galo foi campeão estadual. 
Mandantes
O CSA disputa a finalíssima, dia 7 de maio, com sua torcida no Rei Pelé por ter feito melhor campanha que o rival na classificação geral do campeonato. E foi por muito pouco. Os dois fizeram 36 pontos, têm 10 vitórias, mas o Azulão vence no saldo (20 x 17). 
Domingo, o mando é do CRB e, por determinação da Justiça, apenas os torcedores regatianos podem comprar ingresso para o jogo, que começa às 16h, no Rei Pelé. Na segunda partida, o mando é invertido.
Terceiro lugar
O regulamento das finais é o mesmo para  a decisão do terceiro colocado. O ASA venceu o primeiro jogo, fora de casa, por 3 a 2, e joga pelo empate com o Murici neste sábado, às 17h30, em Arapiraca. Se Alviverde vencer por um gol de diferença, haverá prorrogação. Com a igualdade no tempo extra, a terceira vaga na Copa do Brasil de 2018 será definida nos pênaltis.
Fonte: globoesporte.com/al

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates