Ultimas

18/05/2017

Alagoano Francisco Carlos vai apitar a final do Nordestão entre Bahia e Sport

Foto: Romário Silva/PalmeiraEsporte
Um trio de arbitragem de Alagoas vai trabalhar na finalíssima da Copa do Nordeste. O juiz do jogo entre Bahia e Sport será Francisco Carlos Nascimento (CBF), tendo comos assistentes Esdras Mariano de Lima (CBF) e Rondinelle dos Santos Tavares (CBF). A partida será disputada na próxima quarta-feira, às 21h45, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O primeiro confronto da decisão terminou empatado por 1 a 1.
Chicão, como Francisco Carlos é conhecido, fez parte do quadro da Fifa, mas perdeu o escudo. A final do regional é uma oportunidade para o árbitro recuperar espaço. Este ano, apitou um clássico alagoano entre CSA e CRB, pelo estadual, e fez um bom trabalho, sem polêmicas. O jogo, disputado no dia 9 de abril, terminou empatado por 0 a 0. No ano passado, Francisco foi o árbitro de um clássico entre Grêmio e Inter, pelo Campeonato Brasileiro. O Grenal também terminou empatado sem gols e foi disputado em 23 de outubro.

Polêmico
Chicão, de 39 anos, costuma marcar muitos pênaltis e também não enconomiza nos cartões. Ao longo da carreira, se envolveu em algumas polêmicas de repercussão nacional. A principal delas foi no jogo entre Inter e Palmeiras, em 28 de outubro de 2012, em Porto Alegre, pelo Brasileirão. Ele confirmou um gol de Barcos (do time paulista), que havia colocado a mão na bola, mas depois voltou atrás.
Em setembro de 2014, o árbitro foi pivô de outra grande polêmica na partida entre Bahia e Coritiba, em Salvador, também pela Série A. Ele marcou um pênalti a favor do Coxa e voltou atrás. A demora de dois minutos para tomar a decisão gerou uma confusão na Arena Fonte Nova.

Fonte: globoesporte.com/al

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Palmeira Esporte
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates